Arquivo para Tag: investimentos

Posts

Quarentena: um ótimo momento para aprender sobre mercado financeiro

Você já parou para pensar que a quarentena é um ótimo momento para aprender algo novo e nas oportunidades que você pode estar perdendo por ainda não saber como operar no mercado financeiro Estamos passando por uma situação atípica no mundo inteiro, onde a maior parte da população está dentro de casa, muitas delas fazendo home office e, aquelas que não conseguem atuar nessa modalidade, estão sem trabalhar.

E este é um excelente momento para aprender Bolsa de Valores. Confira um trecho da entrevista da nossa CEO, Carol Paiffer, à Rede Nova FM de Rádio:

As ações, eu brinco que elas estão em black friday. Elas tiveram uma queda muito brusca no preço e, hoje, com a tecnologia, com a internet, com o seu celular, você consegue comprar ações de qualquer lugar do mundo – comenta Carol.

Ainda segundo a expert do mercado financeiro, o que poucas pessoas sabem é que esse se trata de um excelente momento para começar a investir no mercado financeiro, principalmente para quem pretende fazer uma aposentadoria em ações, para quem vai garantir a faculdade dos filhos, ou então para operar um volume alto na Bolsa de Valores.

Na Atom S/A você tem acesso a treinamentos exclusivos, voltados a ensinar como operar na Bolsa de Valores. Além disso, ela oferece a oportunidade das pessoas operarem com o próprio capital da empresa, podendo chegar a 1 milhão de reais, ficando com 80% do lucro pra elas.

Para saber mais sobre como você pode aproveitar esse momento e surfar na onda dos preços baixos das ações na Bolsa de Valores, ouça a entrevista na íntegra:

Atom S. A. faz Fair Play no mercado financeiro

Por CAROL PAIFFER, PRESIDENTE DA ATOM S.A.

A Atom, maior mesa proprietária da América Latina tomou uma corajosa medida de proibir operações shorts ( venda a descoberto) em empresas Brasileiras. ” Tomamos essa medida por 2 motivos:

1- Após receber um relatório de quais seriam as empresas mais afetadas. Vimos que quase todas as empresas seriam afetadas e em maior escala as que possuem alavancagem alta e grande capilaridade. Somos uma empresa listada e sabemos que nessa situação, as empresas ficam expostas a concorrentes mundiais, crédito some e a queda no valor de mercado prejudica ainda mais a recuperação e credibilidade.
Nós estamos vivendo uma pandemia mundial, ou até mesmo uma guerra biológica. As empresas na listadas na bolsa são responsáveis por milhões de empregos diretos e indiretos. Nesse momento temos que ter consciencia e patriotismo para defender nosso pais, nossas empresas.

2- A bolsa atingiu o recorde no ultimo ano de entrada de investidores, no qual ainda sem muita informação financeira passaram a colocar todos os seus investimentos, movidos principalmente pela euforia gerada por novos “influencers” e a onda de juros baixos. Nesse momento as pessoas acumulam grandes perdas já que a bosla cai mais de 50% em poucas semanas e precisam de dinheiro para enfrentar as dificuldades.

Não é nenhum heroismo da nossa companhia, se fosse em qualquer outra situação teríamos atitude diferente, é fair play financeiro em momento de guerra. Estamos adotando nossa posição com ética, respeito que a situação exige. O Brasil irá se recuperar se todos colaborarmos e respeitarmos a quarentena e agirmos ajudando uns aos outros.

Sobre Carol Paiffer

Carol Paiffer é especialista em Bolsa de Valores, presidente e diretora da área de Investimentos da Atom S/A, que trabalha no relacionamento com os investidores. É colunista do Inova360, parceiro do portal R7, e comentarista do programa Inova360, na Record News.

Quer saber mais? Acesse o nosso site.

Fonte: Pará INFO

Investimentos: a Atom ensina como começar

Investimentos: a Atom ensina como começar

Você já deve ter ouvido falar que a melhor forma de investir – segundo seus avós – é deixar o dinheiro na poupança.. certo?

Errado! Isso podia até dar certo há anos, quando o Brasil tinha taxas altíssimas e o retorno em Renda Fixa era bom. Bastava deixar seu dinheiro lá que retornava em porcentagens altas, sem dor de cabeça, sem riscos.

Mas hoje, não é mais assim. Vou te explicar por quê.

Hoje, o cenário econômico brasileiro não está facilitando a vida de quem quer pouco risco nos investimentos.

O Brasil, que já tem uma cultura enraizada na qual menos de 25% da população investe, vai ter que sair da sua zona de conforto e começar a procurar meios para que seu dinheiro renda alguma coisa.

Vou te dar um exemplo: Nos Estados Unidos, mais de 90% da população deixa o seu dinheiro sabe onde? Investido! Porque no banco ele não rende, ao contrário, ele vai embora. É consumido por você, por taxas ou afins.

Há dois tipos de investimentos:

Renda Fixa: Como a poupança, tesouro direto, entre outros. Neste, você sabe qual resultado vai dar e o quanto seu dinheiro vai render, com risco baixo de perda, OK?

Por que não usar este então?

Já ouviu falar em Selic (Sistema Especial de Liquidação e Custódia)? Já deve ter ouvido alguns apresentadores de TV dizerem que ela subiu ou desceu.. mas para que serve, você sabe?

Vamos lá: a Selic é a taxa básica de juros da economia brasileira, utilizada no mercado interbancário para financiamento de operações com duração diária, lastreadas em títulos públicos federais.

É um sistema computadorizado utilizado pelo governo, a cargo do Banco Central do Brasil, para que haja controle na emissão, compra e venda de títulos.  Ela é usada no controle da inflação, que está abaixo da meta definida pelo CMN (Conselho Monetário Nacional) para 2019 e 2020.

Quando o Copom reduz a Selic, a tendência é que o crédito fique mais barato, com incentivo à produção e ao consumo, reduzindo o controle da inflação e estimulando a atividade econômica.

Quando o Comitê de Política Monetária aumenta a Selic, a finalidade é conter a demanda aquecida e isso causa reflexos nos preços porque os juros mais altos encarecem o crédito e estimulam a poupança.

Essa Taxa era bastante alta há anos, chegou a 14% e por isso os investimentos em Renda Fixa davam um bom retorno. Atualmente, a Selic está em 5%, segundo o Banco Central (BC).

De acordo com Carol Paiffer, CEO da Atom S/A Mesa Proprietária e Aceleradora de Traders de Alta Performance, a queda faz com que os investidores tomem mais risco. “Quem estava ganhando dinheiro na renda fixa, com títulos do Governo, pré-fixados, agora tem que se mexer. A bolsa cresce e valoriza, com a entrada de mais dinheiro, e isso também acontece com o mercado imobiliário, mercado de energia e tudo que envolver risco”, afirma.

E ai que entra a Renda Variável. Todo investimento em Renda Variável tem risco, porque você não sabe o quanto vai ter de retorno, se vai ter retorno e se vai perder dinheiro. Claro, há maneiras de se proteger. Conhecendo o mercado, estudando e buscando o que é melhor para você.

Quando alguém opera na Bolsa de Valores ele está trabalhando com Renda Variável.

Você pode investir em Renda Variável dando seu dinheiro para um consultor ou gestor operar para você, ou aprender e operar você mesmo.

Mas, aí você afirma que não entende nada de mercado financeiro!

Isso é um ponto chave. Busque informação!

Procure instituições sérias que lhe deem o respaldo para que você aprenda como funciona o mercado financeiro, a Bolsa de Valores, os investimentos.

Há muitos exemplos na Atom de pessoas que não sabiam nada de mercado financeiro, como sua própria CEO, a Carol Paiffer, que ia estudar moda. Ela aprendeu e poderia se aposentar aos 23 anos, pois conseguiu um grande patrimônio fazendo Day Trade – comprando e vendendo na Bolsa no mesmo dia!

Não precisava saber de projeções, se empresa x ou y ia quebrar. Só precisava aprender como fazer leituras na plataforma de operação, entender um pouco do mercado financeiro para ter base e operar, treinar e planejar.

A Atom é uma Universidade e uma Mesa de Traders. Ou seja, você pode aprender como operar e depois que estiver pronto, fazer uma avaliação, pode operar com o dinheiro da empresa, ganhando com os lucros de até 90%.

Acesse nossas redes sociais, blog, site, youtube e aprenda com quem tem mais de 15 anos de experiência na Bolsa de Valores.

Sobre a Atom

A Atom S/A foi fundada por Joaquim Paiffer e Carol Paiffer com o intuito de financiar Traders para operarem no mercado financeiro. Hoje é a maior empresa da América Latina e já financiou mais de 2.000 (dois mil) Traders em todo Brasil.

As principais vantagens de ser um Trader Atom é contar com alta alavancagem para turbinar seus ganhos, ter um sistema de risco que limita as perdas, suporte e assessoria para você evoluir e principalmente, não correr riscos com seu capital.

Para fazer parte da equipe é simples, você escolhe o ativo e o capital que deseja operar, faz uma avaliação e após ser aprovado, já está habilitado para operar o capital da empresa sem riscos para você.

Saiba mais. Acesse https://atomeducacional.com.br/

Por isso que a vida é boa!

Esta decisão pode mudar tudo